O que Bacurau e orgânicos têm em comum?

bacurau.jpg

Sem spoiler, pode deixar ;)


Bacurau, o filme sensação do momento, escrito e dirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, se passa na cidadezinha fictícia de mesmo nome no sertão do Nordeste. O longa, que retrata uma distopia e se encaixa no recém-criado gênero western carne seca, além de drama, faroeste, terror gore, fantasia e até ficção científica, já conquistou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 2019.

bacurau-2.jpeg

O sucesso foi tão grande, que o filme arrecadou R$2 bilhões de bilheteria no primeiro fim de semana de exibição e já até ganhou uma página não oficial no Instagram (aí, sim, talvez você encontre algum spoiler) dedicada a memes sobre o filme.

Mas o fato é que o Nordeste também merece outros prêmios: Pernambuco é o segundo na lista de estados com mais produções orgânicas do país. Segundo o Censo Agropecuário do IBGE o número de estabelecimentos agropecuários com a certificação de produção orgânica cresceu mais de 1.000% no Brasil, saltando de 5.106 para 68.716 entre 2006 e 2017. 

Minas Gerais encabeça a corrida, com quase 11 mil estabelecimentos. Em seguida estão Pernambuco, Paraná, São Paulo e Rio Grande do Sul. É um avanço importante para o país que é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo. No Rio de Janeiro ainda não temos um número muito expressivo, mas o investimento que fazemos em tecnologia rural está mudando essa realidade, gerando impacto social e ambiental, uma cesta de cada vez.


Viva uma vida sem agrotóxicos

Faça parte desse movimento pela comida de verdade. O Clube Orgânico tem várias opções de planos para você assinar cestas de orgânicos e receber em casa.

cesta.jpg

Cestas orgânicas


CULTURACarolina LacerdaComentário