Desmistificando: permacultura

permaculture-garden-1024x576.jpg

Ou permanent agriculture para os íntimos


O termo permacultura vem da expressão permanent agriculture, mas hoje, devido a sua maior abrangência, significa cultura permanente, pois busca planejar culturas sustentáveis, duradouras, e, portanto, permanentes.

O conceito tem origem na Austrália na década de 1970, com os ecologistas Bill Mollison, então estudante de pós-graduação, e David Holmgren, na época professor de Mollison, que se basearam no modo de vida integrado à natureza das comunidades aborígines tradicionais da Austrália.

A permacultura vai além da ecologia, da leitura da paisagem, do reconhecimento de padrões naturais, do uso de energias e do bom manejo dos recursos naturais, para planejar e criar ambientes humanos sustentáveis e produtivos em equilíbrio com a natureza.

Os princípios da permacultura tem origem na posição de Mollison de que

(...) a única decisão verdadeiramente ética é cada um tomar para si a responsabilidade de sua própria existência e da de seus filhos.

Assim, os 3 princípios, ou éticas, da permacultura contemporânea são:

  1. Cuidar da terra: meios para que todos os sistemas de vida continuem e se multipliquem. Este é o primeiro princípio, porque sem uma terra saudável, os seres humanos não podem viver e exercer suas qualidades.

  2. Cuidar das pessoas: meios para que as pessoas acessem os recursos necessários para sua existência.

  3. Cuidar do futuro: incentivo para limitar o crescimento e o consumo e a partilha justa das provisões.

São princípios que a gente podia levar pra vida, não é?

Entre as práticas da permacultura, estão a horta mandala, com vários micro-climas em um mesmo canteiro, possibilitando uma maior harmonia na área, devido ao uso de cultivo diversificado, o minhocário, usado para a adubação, e o banheiro seco, que faz a reutilização das fezes e urina humanos para adubação.


Conheça as cestas do Clube Orgânico

Faça parte desse movimento pela comida de verdade. São várias opções de planos para você assinar e receber em casa.

cesta.jpg

Cestas orgânicas


ORGÂNICOCarolina LacerdaComentário